Filmes

Festa no Céu | Filme

398068

Provavelmente um dos melhores filmes que eu já assisti para crianças é esse. Eu vou fazer uma série de posts com filmes para crianças que realmente passam bons ensinamentos para crianças.

Antes de dar a minha opinião sobre esse filme, quero falar um pouco sobre a cultura mexicana. Posso dizer que o México tem uma cultura muito peculiar (o que não significa que é ruim) e interessante. Por exemplo, a morte é sinônimo de tristeza, perda e escuridão… para nós. No México a morte é celebrada no Dia Dos Mortos, uma celebração à vida que o falecido teve na Terra e a sua lembrança na vida dos outros. O Dia dos Mortos é celebrado para que a alma do falecido não desapareça, pois ela está viva enquanto estiver na lembrança dos vivos. E tradicionalmente nesse dia o falecido vem visitar as pessoas na terra.

Bom, resumindo “O Dia dos Mortos no México é vivido com alegria, muitas flores, comida farta, e muitas caveiras sorridentes, feitas como máscaras de cerâmica, outra vestidas com cores alegres e portando sombreros, até aquelas deliciosas caveirinhas feitas de açúcar ou chocolate, ou aquelas penduradas como bandeirinhas feitas de papel colorido, preenchendo a vida da cidade em cada canto, nas praças públicas, lojas, hotéis, restaurantes e altares religiosos. Todas as pessoas reunidas numa população de mais de vinte milhões de habitantes só na cidade do México têm a oportunidade de vivenciar esta data mantendo-se ligadas por um sentimento coletivo de homenagem aos mortos, mesmo que grande parte da população não tenha uma consciência clara sobre as origens do ritual do Dia dos Mortos, uma festividade que ocorre nos primeiros dias de novembro, e claro, juntamente com o ritual, convive uma certa distorção com a comercialização e exploração turística da simbologia religiosa.” (Fonte)

E é com essa introdução cultural sobre o México que começo a falar de Festa no Céu.

tumblr_inline_njo7s4zjqf1t6z3av

Festa no Céu (The Book of Life) apresenta a história de três amigos: Manolo, Joaquim e Maria. Os dois garotos disputam o amor de Maria. Manolo é músico, mas tem uma família toureira e é pressionado para seguir essa carreira, pois tem talento, mas não quer matar touros. Joaquim é um guerreiro, sonha em ser um grande valente para derrotar o homem que matou seu pai. Maria é a melhor amiga deles.

tumblr_ncbvz7ffv91tdicovo3_r1_500

Ambientado no Dia Dos Mortos, a animação nos apresenta três mundos: a Terra dos Vivos, a Terra dos Esquecidos e a Terra dos Lembrados. O mundo das almas lembradas é governado por La Muerte – “ela é feita de doces cobertos com açúcar. Ela ama toda a humanidade e acredita que o coração das pessoas é puro e verdadeiro” – e o mundo das almas esquecidas é governado por Xibalba – “o mau caráter charmoso que pensa que a humanidade é impura igual a ele. Ele é feito de piche e de tudo que é nojento nesse mundo.”. Xibalba tem um romance não esclarecido com La Muerte, e é  um tipico trapaceiro.

Além dos dois deuses La Muerte e Xibalba, nos é apresentando o Homem de Cera – “ele mantém tudo em equilibrio. Ele é feito de cera e tem uma barba de nuvens” – que só vai aparecer na história mais tarde.

Ainda crianças, os três amigos são alvo de uma aposta entre o casal sobrenatural. La Muerte aposta que Maria se casará com Manolo e Xibalba aposta que Maria se casará com Joaquim. Maria vai morar fora da cidade quando criança, mas ao voltar já na fase adulta os amigos ainda disputam seu amor e a aposta continua. Como um típico trapaceiro, Xibalba desencadeia diversos problemas que darão rumo a trama.

tumblr-n6gvt2mtoz1tp5y9jo4-r1-500

Essa é a história principal, mas quem a conta é uma instrutora de museu para crianças que estão de castigo. Ela os mostra no museu o Livro da Vida, que contem a história de todo o mundo e decide contar a história dos três amigos.

Uma das coisas mais legais desse filme é o visual. A instrutora e as crianças de castigo são representadas como um ser humano normal, de pele e osso, contando a história por meio de bonequinhos de madeira. Enquanto na história dos três amigos os personagens são como bonecos de marionete. Indo mais fundo ainda, os personagens da Terra dos Lembrados são esqueletos.

THE BOOK OF LIFE

Em alguma crítica desse filme, o autor da crítica diz que o filme mantém um visual orgânico e rico, e eu concordo plenamente com isso. Apesar dos personagens surreais (madeira, ossos…), o filme consegue ser cheio de vida.

O filme inteiro é de encher os olhos, ele é cheio de detalhes e sem dúvidas o cenário mais lindo é a Terra dos Lembrados. A trilha sonora acrescenta no visual do filme e pronto, a trama, o roteiro, os personagens, a música, o cenário… tudo se encaixa perfeitamente.

Um dos pontos altos do filme é a Maria, ela é totalmente contra os padrões impostos às mulheres. Maria tem todas as características de uma feminista, ela não aceita ninguém ditando regras sobre o que ela faz ou deve fazer e não depende de ninguém – principalmente homem – para seguir sua vida.

Assisti o filme legendado e eles mantiveram algumas expressões em espanhol, na dublagem eles permaneceram com essas expressões em espanhol. Eu sempre recomendo assistir no original, mas a dublagem ficou muito legal, mantendo a originalidade e personalidade dos personagens (não usaram atores da Globo para dublar). O único defeito na versão dublada são as músicas que foram traduzidas para o português, o que particularmente eu não gosto muito. Mas é claro que isso fica a critério de quem vai assistir.

Falando em música… A trilha sonora do filme é muito versátil, a maioria das músicas longas no filme são cantadas pelo Manolo, ou seja, faz parte da história e não é um “tempo desperdiçado”. Além disso a trilha sonora é muito versátil, em alguns momentos a melodia vai te deixar com o coração na mão e em outros vai te fazer querer dançar.

O filme mantém um ritmo muito bom, ele consegue te tirar boas risadas com as crianças no museu, com os personagens na Terra dos Vivos, na Terra dos Lembrados e até dos deuses mexicanos apresentados.

É o tipo de filme para todas as idades. Ele vai fazer qualquer um rir e ainda por cima trazer uma ótima mensagem para as crianças, que se torna ainda mais perceptiva a um olhar adulto.

Eu queria colocar mil imagens desse filme, pois ele é muito lindo visualmente. Poderia ficar elogiando cada personagem e cada ensinamento que ele passa. Poderia elogiar tudo que há nesse filme por muitos e muitos parágrafos, mas acho que tudo isso já foi o suficiente para que você entenda o quanto esse filme é bom.

Já assistiu o filme? O que achou?

Ficha Técnica

Nome: Festa no Céu (The Book of Life) (2014)

Direção: Jorge R. Gutierrez

Produção: Guillermo Del Toro

Duração: 95 min

Genêro: Animação, Romance, Comédia, Família

Aprovação dos críticos: 81%

Aprovação do público: 78%

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s